05 fevereiro 2010

Sim, estes blogs sobre os quatro tipos de mulher eram para estar fora de ordem e eu vou lhes dizer o porquê, porque nós estamos constantemente fora de ordem e fora da linha. Quem pode dizer que não foi uma ou todas essas mulheres antes? Eu não posso! No entanto, é mais fácil criticar mulheres assim... é muito mais fácil... nós não precisamos olhar tão ao fundo para dentro de nós mesmas, não precisamos nos sentir envergonhadas, e não precisamos nos humilhar... o orgulho em nós permanece intacto.

O quarto tipo de mulher é normal. Ela já foi os outros tipos de mulher antes, mas ela mudou, ela está mudando, e ela irá mudar... Ela não é perfeita, de forma alguma! Ela entende finalmente que nunca será perfeita e que o mesmo se aplica para os demais. Por isso ela entende as pessoas quando cometem erros, ela as ama de qualquer jeito.

Este é o tipo de mulher que continua crescendo, não importa o que aconteça com ela. Ela está sempre crescendo espiritualmente. Ela se torna melhor com a idade e ela ama isso. Enquanto a maior parte das mulheres odeia envelhecer, ela mal espera por isso porque ela sabe que essa é a única forma de ser e fazer melhor as coisas.

As pessoas as admiram pela sua transparência. Ela não esconde quem realmente é. Ela não se esforça para dar uma boa impressão...

A maioria das mulheres apenas chega a este ponto quando ficam mais velhas, é por isso que se vê tantas velhinhas boazinhas por aí... tão compassivas para com os outros. Mas não temos que esperar até ficarmos mais velhas para sermos este tipo de mulher, nós podemos ser assim a partir do instante em que decidimos ser um trabalho em andamento ao invés de um rascunho final.

Primeiro fui a jovem "boazinha", logo, fui a "melhor que você", e depois a "competidora". Hoje eu sou normal. Eu estou cheia de erros, mas estou constantemente aprendendo e mudando, isso é o que importa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual a sua opinião em relação a ser um cristão nos dias em que vivemos?